sábado, 2 de noviembre de 2013

Julia Zenko: Quereme... tengo frio

.
Trazemos novamente a sensacional cantante bonairense Julia Zenko, de origem polaca-letã, que outro dia apresentamos cantando o tango "Nada" em Berlim (AQUI). Julia vive no bairro de Coghlan, em Buenos Aires, com marido e duas filhas, quando não está em tourné pelo mundo. Ela fez aniversário em 30 de outubro, não pude comparecer à festa, estava na África, mas por aqui vai um afetuoso abraço deste seu fã.

Desta vez com um clássico de autoria, ao que tudo indica de letra e música, de Sandra Mihanovich, a célebre artista, também bonairense (origem croata), que muitos problemas teve na época da insana ditadura argentina, pela sua opção sexual (esse o disfarce, pois odiavam era os seus pensamentos e concepções de vida em comunidade), no que, aliás, não foi o único ser humano a sofrer, pois a perseguição, horrores de ignorância, atingia a muitas almas, a muitos anjos, e até hoje presenciamos espantados que prossegue na imensa maioria das localidades deste mundo.

Aí está a grande artista, em emocionante interpretação. Torceu o meu pobre coração.









1 comentario:

  1. Perdeu. A festa estava ótima. Podia ter deixado a África para outra ocasião. rsrs Parabéns pelos escritos sempre enriquecedores. A música... linda, linda. Besitos.

    ResponderEliminar