sábado, 18 de agosto de 2012

Fatiando sugismundos, na Charge do Dias

.
Deu encrenca no Botequim do Terguino. Não vamos tratar de coisas ruins, em aspones de ruralistas despedaçados nem em gerentalhas do itaú mijados nas calças.

O melhor que podemos fazer é passar as obras escolhidas pelos boêmios.

A turma do extinto Beco do Oitavo ficou com o mestre Aroeira, com uma boa justiça fatiando um morto-vivo perigoso, em O Dia (Rio de Janeiro, RJ). Aqui é preciso registrar uma tirada antológica do Lúcio Peregrino: "Esse sujeito é igual a pastores eletrônicos: é bom frito!".





Os empinantes do velho Botequim ficaram com o Ikenga. Só dá Ikenga, que é novo na parada mas caiu no gosto do pessoal.




Leilinha Ferro envia um abraço de carinho ao grande Newton Silva, lembrando que: "Aí como aqui, seu Newton".



1 comentario:

  1. Ôxente, Leilinha Ferro, um abraço procê também aqui dos verdes mares de Fortaleza!

    ResponderEliminar